Metodologia

O que é e para que serve o Material Passport?

O Material Passport é o documento de identidade dos materiais e constitui a primeira ferramenta na tomada de decisões da construção circular que desenvolvemos na Construcía.

Com o Material Passport podemos identificar, quantificar e localizar no espaço de construção os materiais e os produtos para a sua correta recuperação no final do ciclo de utilização.

 

Cada tijolo, placa ou pedaço de vidro num edifício tem valor. Normalmente, estes materiais não são reutilizados depois da restauração ou demolição de um edifício. Pelo contrário, a grande maioria é descartada e acaba como resíduos num aterro.

Os residuos são materiais sin identidad“. Thomas Rau, autor de Material Matters.

O Material Passport na construção circular

A economia circular na qual se baseia a nossa metodologia Lean2Cradle® Construcía promove a circulação permanente de materiais, isto é, a sua ciclabilidade. Ou seja, assume que os materiais e os elementos que compõem uma construção serão reutilizados de forma indefinida depois de cumprirem a sua função no edifício, num sistema regenerativo em evolução e enriquecimento.

Para que este processo seja realizado corretamente e os materiais mantenham o seu valor no tempo, precisamos saber de que são compostos, caracterizá-los e determinar se são ou não saudáveis. Precisamos de dar-lhes uma identidade.

É aqui que entra em jogo o passaporte de materiais, a ferramenta que regista todas as informações necessárias acerca dos materiais que um edifício contém e mede o seu impacto sobre os quatro valores da construção circular: saúde, ciclabilidade, valor residual e produtividade.

Os edifícios como bancos de materiais

Através desta ferramenta, os edifícios são transformados em bancos de materiais e, como tal, os materiais deixam de ser resíduos futuros e transformam-se em nutrientes com um valor quantificável nos seus próximos ciclos de vida. Isto significa que os materiais passam a ser um investimento, um ativo colocado temporariamente num local, e, uma vez cumprida a sua função, segue para a sua utilização seguinte; e assim indefinidamente.

Para conhecer a capacidade reciclável de um material, é necessário conhecer as matérias-primas que o compõem. Em função dos seus componentes, é classificado como nutriente biológico ou técnico, o que determina a forma como será reutilizado no futuro: regressando à terra no primeiro caso e ao ciclo produtivo no segundo.

O Material Passport permite a rastreabilidade dos materiais, permite a sua localização no edifício e revela a melhor forma de os extrair. Inclui, além disso, um manual de desconstrução no qual são especificadas as vias de ciclabilidade disponíveis para garantir a recuperação das matérias-primas e do seu valor.

O Material Passport é a ferramenta base da construção circular

 

E, por último, mas não menos importante, também estima o valor económico de cada material segundo as vias de recuperação previstas e analisa as possíveis alternativas.

A construção circular não seria exequível sem esta ferramenta. Graças ao Material Passport é possível tomar decisões informadas na seleção dos materiais e no nível de circularidade dos edifícios. 

Benefícios do Material Passport

  • O edifício transforma-se num banco de materiais que poderão ser reutilizados indefinidamente, com a máxima qualidade possível.
  • Evitam-se os resíduos.
  • Reduz-se a extração de matérias-primas.
  • Previnem-se problemas associados à toxicidade dos materiais e a mudanças nas regulações futuras.
  • Mantém o valor dos materiais, produtos e componentes ao longo do tempo.
  • Incentiva a cadeia de fornecimento a produzir materiais e produtos de construção sustentáveis e circulares.
  • Facilita a escolha de materiais de construção sustentáveis e circulares a promotores e diretores.
  • Favorece a logística inversa e a recuperação de produtos, materiais e componentes.

Deseja saber mais?

trama-decoration

Assine a nossa newsletter para saber mais sobre nós