News

Materiais recicláveis para a economia circular

23/09/2019

Quando falamos de materiais recicláveis, estamos a referir-nos a todos os materiais que seguem a lógica da economia circular. São os produtos que respeitam e entendem um ciclo circular que faz com que continuem a estar em circulação.

Os materiais recicláveis são aqueles que cumprem as seguintes caraterísticas:

  • Aumentam o seu valor como matérias-primas
  • Seguem o ciclo da economia circular: depois de utilizados, podem voltar a ser utilizados ou podem ser devolvidos à natureza sob a forma de nutrientes.
  • Geram valor com o passar do tempo, aumentando o seu impacto positivo.

Nesta publicação destacaremos dois dos materiais recorrentes da Construção Circular. Pode encontrar Cradle to Cradle Products Innovation Institute uma lista completa de todos os materiais certificados Cradle to Cradle no site.

Gesso

O primeiro material que enumeramos é o gesso. Trata-se de um material resistente, flexível e adaptável. Permite a melhoria da resistência térmica, o isolamento acústico e contribui para a boa qualidade do ar nos edifícios, mantendo uma baixa pegada de carbono. Os produtos fabricados com este material respeitam o meio ambiente e são totalmente recicláveis.

O gesso, depois de utilizado, pode seguir o seu ciclo de vida, sendo reduzido a um nutriente essencial para aplicação no solo, uma vez que a sua decomposição gera cálcio e enxofre, favorecendo o crescimento das plantas. Além disso, o gesso permite a recuperação para novas utilizações e pode ser devolvido à natureza em forma de nutriente.

Madeira

O material que destacamos a seguir é a madeira. Trata-se de um material com uma grande capacidade de redução da utilização de energia, uma vez que é um isolante altamente eficaz. É um material neutro em CO2, uma vez que absorve e elimina muito mais quantidade de CO2 do que a quantidade que gera no seu fabrico.

Além disso, é um dos materiais mais sustentáveis que podemos encontrar atualmente, desde que se cumpram certas normas: A madeira deve ser fruto de uma gestão planificada das florestas, através de uma exploração equilibrada e de acordo com a potencialidade dos ecossistemas florestais. Os tratamentos aplicados à madeira para a melhoria da sua conservação devem ser compostos por resinas vegetais. A madeira tem um grande caráter cíclico porque, no fim da sua vida útil, pode ser novamente utilizada para fabricar placas de partículas e para ser transformada em combustível de biomassa.

As vantagens para a construção deste tipo de materiais são interessantes. Além de conseguir a sua ciclabilidade total, que nos permite poupar custos quando estes materiais tiverem uma nova vida, permite-nos poupar, uma vez que aumenta a salubridade dos espaços e reduz assim o absentismo.

Este novo paradigma de design baseia-se nos princípios da economia circular e segue o exemplo da natureza para criar um sistema industrial regenerador e saudável, sem renunciar ao crescimento económico. Com esta metodologia, planificamos a reutilização dos materiais, para que não percam qualidade nas suas futuras utilizações.

Deseja saber mais?

trama-decoration

Assine a nossa newsletter para saber mais sobre nós